PUBLICIDADE

Yoga, integração mente e corpo – Francisco Kaiut

Ioga? Alguns duvidam se é mesmo ioga o que os alunos de Francisco Kaiut fazem em sala. Ele em pé, andando pela sala e dando instruções sobre como os alunos devem se movimentar. Com a prática de movimentos tão simples e permanências longas, ninguém sai suando, mas os alunos da Kaiut Yoga alegam benefícios que parecem milagrosos.

por Joe Doe

Francisco Kaiut Yoga - Jornal aQuadra

Criado a partir de uma mescla de ioga ancestral com conceitos de outras práticas terapêuticas, o Método Kaiut adapta a prática milenar da ioga às necessidades da vida moderna. Com voz tranquila e segura, Francisco conduz seus alunos a encontrarem em seus corpos o que não funciona — o que precisa ser limpo para evitar nosso envelhecimento desproporcional. E nesse encontro, seus alunos alegam que, com o passar dos anos, sentem seus corpos rejuvenescendo e cada vez mais funcionais, provando que milagre mesmo é a capacidade curativa do próprio corpo. 

Cada aula é criada com a intenção de aumentar a liberdade de movimento e a integração mente e corpo, promovendo estímulos articulares que reconectam o cérebro e o corpo, gerando resultados tão positivos que, para os alunos, não restam dúvidas se Kaiut Yoga é ou não ioga.

A grande vantagem é que o professor em questão é o próprio criador do método. A partir de sua formação na área da saúde natural, extensa pesquisa em diversos métodos de ioga, cursos na Inglaterra e Itália, Francisco criou um método autoral de ioga, que hoje conta com 8 escolas no Brasil e 7 nos Estados Unidos, além de uma escola online e Instituto de Formação de Professores.

Francisco Kaiut Yoga - Jornal aQuadra

KAIUT YOGA
Rua Joaquim Antunes, 246
kaiutyoga.com.br
@kaiutyogabrasil

compartilhe

PUBLICIDADE

Você pode gostar

O Japão é aqui - Jornal aQuadra

O Japão é aqui

São Paulo abriga a maior comunidade japonesa fora do Japão – mais de 1,5 milhão de japoneses e seus descendentes.
Desde que os primeiros deles pisaram em solo brasileiro em 1908, São Paulo foi ganhando cada vez mais influência dessa cultura milenar admirável.

continuar lendo...

Sabor do bem

Maria Olívia Junqueira trabalhou como voluntária, preparando comida numa paróquia e também na Pão da Rua, que fornece pães para o padre Ju- lio Lancelotti distribuir aos moradores de rua. Na pandemia, de quarentena, ela criou um grupo nos Jardins, onde mora, propondo aos vizinhos a doação de alimentos que têm em casa e não vão usar.

continuar lendo...

Assine nossa newsletter!

Receba avisos sobre novos artigos e novas edições do jornal.