PUBLICIDADE

Pausa urbana – Parques paulistanos

Ideais para a prática de atividade física ao ar livre, os parques são perfeitos também para uma paradinha vez ou outra, a fim de sossegar a mente, mudar a paisagem, relaxar

Pausa Urbana - Jornal aQuadra

Se os parques urbanos surgiram em meados do século 18 como ambientes de contemplação, com ligações filosóficas e religiosas, hoje são frequentados para tomar sol, caminhar, descansar, fazer exercícios, levar crianças ou pets para passear ou simplesmente para dar uma pausa no ritmo acelerado.

Recreação e lazer melhoram substancialmente a qualidade de vida e o bem-estar da população. Mais que isso: as áreas verdes amenizam a temperatura, aumentam a umidade do ar, absorvem poluentes e incrementam a biodiversidade. E ainda incentivam a prática de atividade física ao ar livre.

Segundo Bani Szeremeta e Paulo Henrique Zannin no livro A importância dos parques urbanos e áreas verdes na promoção da qualidade de vida em cidades, apenas cinco minutos de caminhada em áreas verdes já são suficientes para melhorar a saúde mental, com benefícios para o humor e a autoestima.

PARQUE IBIRAPUERA
O parque mais querido dos paulistanos, onde todas as tribos encontram seu lugar ao sol, é também símbolo da cidade.

Desde que passou para a gestão privada da Urbia, em outubro de 2020, recebeu melhorias na limpeza e na segurança, com manutenção constante dos jardins e equipamentos. Em junho, o parque ganhou 5 quadras, reformadas por meio de uma parceria entre a Urbia e a Nike: futebol society, basquete e duas para prática de esportes de areia. A parceria se estende para o projeto do skate park, que será inaugurado ainda este ano.

A principal mudança, no entanto, foi na área de alimentação, com a chegada de wraps e tapiocas, casa de sucos e quiosques da Casa do Pão de Queijo, Oakberry, Nutty Bavarian e Bacio di Latte. A melhor surpresa é o restaurante Selvagem, instalado em um espaço arejado, integrado com o verde local, e pratos com sabores brasileiros, assinados pelo chef Filipe Leite. Abre para almoço e jantar e a entrada é pelo Portão 5 (Avenida Quarto Centenário, 452).

A Urbia aposta também em diversas linguagens artísticas. O Arena Brasileira será instalado na área externa do Auditório Ibirapuera para transmitir os jogos da Copa, seguido de shows de artistas como Anitta, Seu Jorge, entre outros. Em setembro, no Pavilhão das Culturas, chega a exposição Dinossauros – Patagotitan, o Maior do Mundo com a réplica gigantesca do maior dinossauro do planeta. Nos fins de semana, o Projeto Música no Parque reúne os alunos da Escola de Música do Parque Ibirapuera com artistas ou grupos já conhecidos do cenário para uma troca de experiências.

Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Vila Mariana urbiaparques.com.br/parqueibirapuera
@ibirapueraoficial

PARQUE AUGUSTA PREFEITO BRUNO COVAS

Inaugurado no final do ano passado, ocupa uma área de 24 mil metros quadrados para alegria geral. O parque Augusta preservou o portal de acesso à rua Caio Prado, um resquício da arquitetura de seu passado, e ruínas do colégio Des Oiseaux, de 1917, que foram incorporados a um grande jardim. Tem playground, “cachorródromo”, bicicletário, bosque com árvores nativas, muitos bancos e decks agradáveis.

Rua Augusta, 200 – Consolação
@parqueaugusta.sp

PARQUE VILLA-LOBOS

Um dos parques mais completos da cidade em termos de infraestrutura para lazer, ocupa uma área de 732.000 m² com trilhas, ciclovia, diversas quadras, tabelas de street basketball, campos de futebol, playgrounds, tem ainda biblioteca e o incrível espaço Ouvillas, com bancos e espreguiçadeiras ao ar livre para ouvir músicas de Villa-Lobos.

Interligado ao Villa-Lobos por meio de uma praça de lazer, o Parque Cândido Portinari acaba de ganhar a São Paulo Big Wheel, uma roda-gigante de 91 metros – a maior da América Latina. Conta com 42 cabines para 10 pessoas, ar-condicionado, monitoramento por câmeras, interfones e wi-fi, além de iluminação cênica, projetada para interagir com a cidade.

Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2201
parquevillalobos.net
@oficialvillalobos

JARDIM BOTÂNICO

Sob a nova gestão do Grupo Reserva Paulista, o belo Jardim Botânico ganhou um restaurante, o Orquídea, logo na entrada, e algumas trilhas foram reabertas.

Com 360.000 metros quadrados, abriga vegetação remanescente de Mata Atlântica e nascentes do histórico riacho do Ipiranga, coleções de palmeiras, trilhas, estufas, orquidário, “bromeliário” e belos lagos e gramados que convidam a estender a toalha no chão e meditar, abrir o livro ou a cesta de piquenique. A área de visitação é percorrida a pé, em caminhadas que levam cerca de duas horas. Tranquilo e bem cuidado, é um lugar para ser aproveitado sem pressa, apreciando a paisagem e valorizando o sossego.

Avenida Miguel Estefno, 3031.
jardimbotanico.com.br
@jardimbotanicosp

PARQUE DO POVO

Um oásis em meio aos prédios! Inaugurado em 2008, é pequeno com seus 133,5 mil m², mas tão arrumadinho e bem cuidado que atrai uma galera diariamente. Os ciclistas, aliás, aproveitam a sua fácil conexão com a ciclovia da Marginal. Além de pistas e quadras poliesportivas, playground e enorme gramado que os pets amam, tem o Jardim Sensitivo, em que deficientes podem experimentar os aromas e texturas de plantas, e o tabuleiro de xadrez gigante pintado no chão.

Av. Henrique Chamma, 420
@associaçaoparquedopovo

compartilhe

PUBLICIDADE

Você pode gostar

Recados Astrais - Vanderson de Souza - Ilustração Paula Starck - Jornal aQuadra

Recados astrais

Novembro chega na energia da Lua crescente e melhora o astral de todos. No dia 8, a Lua cheia de eclipse mexe diretamente com o dinheiro e obriga a acontecer mudanças, vai ser difícil agradar a todos.

continuar lendo...
Telma Shiraishi - Aizomê - Jornal aQuadra

Tradição japonesa com toque autoral

Durante muito tempo, difundiu-se a ideia de que as mulheres não poderiam estar à frente das cozinhas japonesas. A explicação mais recorrente é de que suas mãos seriam mais quentes do que as dos homens, o que poderia interferir no sabor e no preparo das comidas, principalmente dos sushis e sashimis.

continuar lendo...

Assine nossa newsletter!

Receba avisos sobre novos artigos e novas edições do jornal.