PUBLICIDADE

Japa fora do comum

Em seu novo restaurante Kotori, o chef Thiago Bañares investiu na técnica japonesa yakitori, que aproveita todos os cortes do frango, servindo-os em espetinhos de bambu.

foto: divulgação

Em seu novo restaurante Kotori, o chef Thiago Bañares investiu na técnica japonesa yakitori, que aproveita todos os cortes do frango, servindo-os em espetinhos de bambu.

Comuns no Japão, os yakitori-ya são restaurantes descontraídos, que têm os espetinhos de frango como grandes estrelas. Depois de extensa pesquisa, Thiago escolheu trabalhar com frangos orgânicos de origem controlada, que são grelhados como espetinhos na brasa em uma churrasqueira de 1,80 m de comprimento desenhada especialmente para a casa, nos moldes das japonesas.

Projetado pelo Coletivo de Arquitetos, que buscou no trabalho de Issey Miyake a referência para desenhar o barrado do bar e da cozinha, inspirado no plissado de tecido que o estilista tanto usa, o Kotori tem amplo salão de pé-direito duplo, com mesas na entrada e ao fundo, conectadas por um longo balcão rebaixado, no qual são preparados os drinques. A cozinha envidraçada deixa à vista o preparo das receitas japonesas tradicionais, com execução precisa e apresentação cuidadosa, que tem o frango como única proteína do cardápio, e boas opções vegetarianas.

Depois de quase cinco anos à frente do Tan Tan, Thiago expandiu o grupo explorando cozinhas japonesas pouco conhecidas por aqui.

O menu é composto de aperitivos, saladas e dois pratos principais, mas a grande atração são mesmo os yakitoris, com dez opções feitas na brasa, com cortes variados, com destaque para a “ostra de frango” chamada no Japão de Soriresu, que compreende a porção de carne localizada acima das sobrecoxas, nas costas da ave, e é extraída no próprio restaurante – e por isso servida em quantidades limitadas. “Quis trabalhar com um corte muito famoso no Japão e que é feito no Brasil apenas para exportação. Enquanto ele não está disponível por aqui, demos nosso jeito para conseguir preparar a receita”, comenta Thiago.

O bar, sob o comando do premiado mixologista Alex Mesquita, acompanha a cozinha e explora a cultura dos highballs, drinques gaseificados leves e pouco alcoólicos, tradicionalmente consumidos nas yakitori-ya.

Kotori
Rua Cônego Eugênio Leite, 639 Tel.: 3891-0043
@kotori.sp

compartilhe

Share on facebook
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on twitter
PUBLICIDADE

Você pode gostar

A Vila Ipojuca e seus arredores

A vila vem passando por constantes transformações em seu entorno que resultam numa nova visão em relação à região, em bora ainda preserve o “jeito de bairro” que agrada tanto aos moradores quanto aos visitantes.

continuar lendo...

A história dos donos da banca

Em tempos da era digital, do online, bancas de jornal são um sinal de resistência tal como flores no deserto. A figura do jornaleiro que vendia figurinhas para os famosos álbuns de colecionadores ainda está na memória de muitos meninos e meninas.

continuar lendo...

Assine nossa newsletter!

Receba avisos sobre novos artigos e novas edições do jornal.