PUBLICIDADE

Faça o coração agradecer

Estima-se que cerca de 20% das doenças nos dias de hoje se devem a fatores ambientais. Urge o tempo para a pausa. Nunca foi tão fundamental criarmos as rotas de fuga em direção ao campo, à mata, à floresta.

por Dr. Carlos Prazerres

Dr. Carlos Prazeres - Jornal aQuadra
Dr. Carlos Prazeres

Nem mesmo dá a hora dos primeiros raios de sol, uma tropa de humanos desperta e, mecanicamente, apronta-se para seguir a avassaladora rotina das grandes cidades.

Sucedem-se as horas, dias, semanas e meses, sem perceber a própria existência, afogados em estresse e ofegantes sob o senso de urgência que lhes foi vendido. Burnout! Explosão! Colapso!

Muitos de nós acabamos de nos identificar com esse relato. Estima-se que cerca de 20% das doenças nos dias de hoje se devem a fatores ambientais.

Urge o tempo para a pausa.

Nunca foi tão fundamental criarmos as rotas de fuga em direção ao campo, à mata, à floresta.

A natureza nos ensina sobre prioridades, sobre o que é equilíbrio, sobre o que é relevante.

Longe de likes, selfies e redes sociais, engana-se quem pensa que o contato com a terra e a imersão na floresta repercutem só sobre a saúde mental. Estudos apontam que o contato com a natureza e o ar puro reduzem os níveis de pressão, controlam os batimentos cardíacos e reduzem taxa de internação por doenças cardíacas.

Estar conectado à nossa essência e à matriz natureza nos permite desenvolver a consciência sobre a respiração, o que fortalece a saúde, equilibra os sentimentos e melhora a nossa qualidade de vida.

Como afirma Julio Frenk, ex-presidente da Universidade de Miami, a saúde é uma encruzilhada onde convergem diversos aspectos biopsicossociais. E, por isso, é tão importante criarmos espaços para os movimentos de encontro com a natureza, e resgatarmos o verdadeiro valor da saúde. O coração agradece.

@drcarlosprazeres

compartilhe

compartilhe

PUBLICIDADE

Você pode gostar

Expo Osaka - A Floresta Amazônica vai ao Japão - Jornal a Quadra

A Floresta Amazônica vai ao Japão

O Brasil já tem o projeto que vai representá-lo na Expo 2025, em Osaka. Marcio Kogan, arquiteto e fundador do escritório MK27, venceu o concurso realizado pela Agência Brasileira de Promoção de exportação e Investimentos (ApexBrasil) para levar o Pavilhão Brasil para a Expo Osaka 2025.

continuar lendo...
Giardini della Villa Comunale

Hotel San Domenico Palace

Visitei o lendário hotel San Domenico Palace, um convento do século 14, em Taormina, na Sicília, durante uma viagem que fiz com meus avós na minha infância, e já era um ícone na costa italiana.

continuar lendo...

Assine nossa newsletter!

Receba avisos sobre novos artigos e novas edições do jornal.