PUBLICIDADE

Ubatuba – Paraísos Escondidos

Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, possui muitas belas praias – ideais para serem descobertas de stand up paddle.

Texto e fotos Daniel Aratangy

Remar de stand up é como fazer uma trilha, só que no mar. A gente curte o caminho, mas também quer chegar em algum lugar. E, em geral, esse lugar é selvagem, sem ninguém por perto e com apenas a natureza ao redor. Já remei em muitos lugares do mundo e do Brasil, mas tem um que considero o mais especial de todos. Ubatuba é, para mim, o lugar mais bonito que existe. Conheço cada uma de suas 102 praias (contando apenas as oficiais – ainda tem mais um monte que não consta nos mapas). E fui para todas elas remando sobre a minha prancha. Algumas são tão pequenas e escondidas que só mesmo de stand up pra chegar lá. Segue uma pequena seleção desses paraísos escondidos.

Ubatuba, paraísos perdidos - Jornal aQuadra
Ilha dos Porcos

Ilha dos Porcos
De frente para a Praia do Engenho e também conhecida como Ilha da Almada, tem uma única praia em formato de “V” com areia fofa e água cristalina. Um lugar lindo e perfeito para o stand up e para curtir a praia, a natureza.

Ubatuba, paraísos perdidos - Jornal aQuadra
Praia da Lagoa

Praia da Lagoa
Além da cênica lagoa de água doce, a Praia da Lagoa também é ótima pra remar. Localizada no extremo sul de Ubatuba, não tem quiosque, nem pousada, apenas a ruína de um casarão datado do período colonial. Lugar perfeito para remar muito, sem risco de entediar-se.

Ubatuba, paraísos perdidos - Jornal aQuadra
Praia Brava do Sul

Praia Brava do Sul
Localizada na região sul, é preservada e pouco conhecida. Normalmente calma, é pequena e muito charmosa com um aglomerado de pedras que enfeitam seu canto esquerdo.

Ubatuba, paraísos perdidos - Jornal aQuadra
Praia da Palmira

Praia da Palmira
Com acesso apenas pelo mar, esta pequena e linda praia incrustada entre rochedos e a floresta fica escondida numa pequena baía dentro da grande Enseada da Fortaleza, na região sul. Quando a maré está alta, a praia quase desaparece.

Ubatuba, paraísos perdidos - Jornal aQuadra
Praia do Flamengo

Praia do Flamengo
Com acesso por trilha ou pelo mar, a praia tem águas calmas e limpas, boas para o mergulho e ideais para stand up. Há casas de veraneio, vegetação ao longo da praia e muitas embarcações.

Ubatuba, paraísos perdidos - Jornal aQuadra
Praia da Selinha

Ilha da Selinha
Uma pequena ilha dividida ao meio por uma prainha, na região norte de Ubatuba. Sobre os paredões de pedra há árvores e muitos pássaros. Acredite, o lugar é mágico. Mas entrar e sair dali é um pouco complicado.

Ubatuba, paraísos perdidos - Jornal aQuadra
Praia da Fortaleza

Praia da Fortaleza
Ao sul de Ubatuba, possui estrutura de quiosques, comércios e pousadas. Seu mar calmo é ótimo para prática de stand up paddle. No lado direito, forma-se uma piscina natural, onde é possível avistar peixes.

compartilhe

Ubatuba, paraísos perdidos - Jornal aQuadra

Daniel Aratangy
Fotógrafo que já trabalhou para as maiores revistas de moda no Brasil, hoje dedica-se à fotografia de viagens e natureza, e também tem uma marca de roupas de praia sustentáveis, a Gaya (@gaya_sunwear). Nas horas vagas, gosta de praticar stand up paddle. Já remou com leões-marinhos e tubarões em Galápagos, atravessou a fronteira do Canadá para os Estados Unidos, remou no Japão, no Mar Egeu, nos canais de Amsterdã, e em tantos outros lugares.

@danielaratangy

compartilhe

PUBLICIDADE

Você pode gostar

Jornal aQuadra edição 38 - Editorial - Helena Montanarini

Editorial Jornal aQuadra Edição #38

A edição de outono da Vida de Bairro celebra a estação com arte, cultura, gastronomia e homenagens. ❤️

Encontre dicas de livros, exposições, moda, culinária asiática e brasileira, além de novidades do bairro Perdizes. ️️

Desfrute da estação com dicas inspiradoras e homenagens especiais!

continuar lendo...
Cannabis para a saúde - Jornal aQuadra

Cannabis para a saúde

Em busca de encontrar medicamentos mais naturais, a fim de obter mais qualidade de vida da forma mais natural possível, Carolina Croso Mazzuco se formou em Farmácia. Agora, aos 30 anos, representa no Brasil a Q2 Clinic, empresa de origem inglesa com atuação na América Latina. “Essa empresa representa exatamente o que eu buscava. É um tratamento natural à base de cannabis medicinal que abrange diversos sintomas, com atendimento humanizado e personalizado.”

continuar lendo...

Assine nossa newsletter!

Receba avisos sobre novos artigos e novas edições do jornal.