PUBLICIDADE

Cannabis para a saúde

Em busca de encontrar medicamentos mais naturais, a fim de obter mais qualidade de vida da forma mais natural possível, Carolina Croso Mazzuco se formou em Farmácia. Agora, aos 30 anos, representa no Brasil a Q2 Clinic, empresa de origem inglesa com atuação na América Latina. “Essa empresa representa exatamente o que eu buscava. É um tratamento natural à base de cannabis medicinal que abrange diversos sintomas, com atendimento humanizado e personalizado.”

Carolina Croso Mazzuco - Jornal aQuadra

Calma, se você acha que vai tratar um sintoma ao preço de uma viagem alucinógena, a resposta é não! A grande maioria dos medicamentos são feitos com o canabidiol (CBD), um dos muitos canabinoides que podem ser extraídos das plantas Cannabis, e ele não tem molécula psicoativa, ou seja, sua ação no corpo humano é essencialmente terapêutica e curativa. “Os canabinoides agem no nosso organismo apenas no sistema endocanabinoide e são muito eficientes em problemas de estresse, ansiedade, sono, dores crônicas causadas pelo sedentarismo, problemas de memória, funciona para diversos quadros neurológicos, como epilepsia, esclerose, autismo, além de servir como terapia coadjuvante para Alzeihmer e Parkinson. Também está sendo muito usado em pacientes com câncer, para contrapor os efeitos da quimioterapia”, conta Carolina.

A Q2 Clinic dá um treinamento específico sobre canabinoides para os médicos, a fim de que façam uma avaliação completa do paciente: seu estilo de vida, rotinas, os remédios que toma e se as queixão são crônicas ou pontuais. A parti daí, verifica a necessidade de prescrever um medicamento canábico. Para se obter a medicação prescrita, é necessário fazer um cadastro na Anvisa para autorização de importação. “Estão aumentando a cada dia as evidências científicas de que o sistema endocanabinoide e o canabidiol, em sinergia, promovem benefícios à saúde humana. É inegável que melhora a qualidade de vida de muita gente.”


@carolina.croso
@q2clinic_brasil

Cannabis para a saúde - Jornal aQuadra

É legal?

Desde 2015, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autoriza a importação de alguns medicamento feitos com Cannabis e, em 2019, regulamentou a pesquisa, a produção e a venda de remédios no Brasil por parte da indústria farmacêutica, embora as plantas ainda precisem ser trazidas do exterior. Atualmente, é possível adquirir 14 produtos medicinais à base de Cannabis, autorizados pela entidade.

De acordo com levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Canabinoides (BRCann), a importação de derivados da Cannabis para fins medicinais no Brasil chegou a R$ 229 milhões em 2021. Em 2019, foram concedidas 8,5 mil autorizações; em 2021, passou de 34 mil pacientes.

gov.br/anvisa

compartilhe

PUBLICIDADE

Você pode gostar

Jornal aQuadra - Editorial edição 31

Editorial ed.#31 – Japão em São Paulo

Amamos São Paulo e sua rica diversidade étnica e cultural, herança de diversos povos que ajudaram a construir nossa história, por isso escolhemos, primeiro, o Japão, tão presente em nosso dia a dia por meio da gastronomia, literatura, arquitetura e um bairro – a Liberdade –, que influenciam o nosso estilo de viver.

continuar lendo...
Ian Duarte e Allann Seabra - Verve Galeria / Jornal aQuadra

Gustavo Rezende na Verve Galeria

Conhecido por suas esculturas, sua trajetória inclui trabalhos significativos em desenhos, gravuras, fotografia, vídeo, objetos e pinturas. A primeira exposição individual de Gustavo Rezende como artista representado, apresenta uma série de obras inéditas.

continuar lendo...

Assine nossa newsletter!

Receba avisos sobre novos artigos e novas edições do jornal.