PUBLICIDADE

O que é bem-estar para você?

Quando ouvimos sobre bem-estar, imaginamos uma série de elementos que proporcionam conforto, tranquilidade e satisfação. Esse conceito sofreu diversas modificações ao longo dos anos, sendo que no século 17, o termo “bem-estar” estava associado apenas à saúde física. No século seguinte, passou a agregar outras áreas, levando em consideração as necessidades básicas de cada um.

por Dra. Vânia Assaly

Dra. Vânia Assaly

Nos últimos tempos, ampliamos a visão de bem-estar pelo conjunto de elementos que se define nos aspectos físico, mental, emocional e social. Em relação aos aspectos socioambientais, esta intersecção perpassa pelo moderno conceito “expossoma”, que é o conjunto de interações e experiências que vivemos em determinado ambiente, no campo das relações e com tudo que está à nossa volta.

Quando interligamos saúde e bem-estar, temos o conceito de um estado de completo bem-estar físico, mental, e social, sendo a saúde um dos principais pilares para a sustentação do bem-estar.

Mas, além de saúde física, bens materiais e segurança básica, o bem-estar se manifesta no equilíbrio das relações e, muitas vezes, nos convida para algo além da busca de prazer. Como algo que se dá no campo da espiritualidade, o bem-estar pode vir de aspectos não materiais, mas de vivências e experiências não quantificáveis.
O bem-estar pode surgir muitas vezes nos aspectos sutis da vida, onde a plenitude, a esperança e o pertencimento se manifestam em felicidade, conduzindo nutrientes na ciranda bioquímica do corpo que reverbera no campo vital através da síntese de hormônios, neurotransmissores e no fino equilíbrio imunológico que nos preserva neste planeta.

Convido você a pensar no que te traz bem-estar!

Institutovaniaassaly.com.br

compartilhe

PUBLICIDADE

Você pode gostar

Entrelinhas

Enquanto rasgava o papel de seda amarelado e seco que envolvia cuidadosamente seu livro Sertões, luz e trevas, na edição alemã, que recebi, pensava nas marcas

continuar lendo...

Editorial edição 23

Com esta edição, que marca um momento muito especial para mim – a comemoração de quatro anos do jornal –, tenho ainda mais convicção de que nunca devemos parar de sonhar, pois são os sonhos que nos impulsionam a seguir em frente e a ter motivos para continuarmos festejando, sempre.

continuar lendo...

Assine nossa newsletter!

Receba avisos sobre novos artigos e novas edições do jornal.