Sed diam elit, pulvinar molestie eros

03 ago 2020 - 23h30 | atualizado em 03 ago 2020 23h30

Com mais de 10 mil árvores nativas da Mata Atlântica e uma extensa vegetação, dotada de grande diversidade de cores, texturas e formas, o Cidade Matarazzo, empreendimento localizado em pleno coração de São Paulo, na Avenida Paulista, entrará para a lista das florestas urbanas. Nos seus 45 mil metros quadrados de puro verde, serão encontradas árvores como canelinha, jacarandá e jatobá. 

O projeto paisagístico é assinado por Louis Benech (cuja marca está no Jardim do Louvre) e executado pelo renomado paisagista brasileiro Benedito Abbud. O complexo será sede do primeiro hotel seis-estrelas da Rosewood na América Latina e leva a assinatura do premiado arquiteto francês Jean Nouvel, sendo o design interno elaborado por Philippe Starck.

O Cidade Matarazzo terá acesso pela Avenida Paulista, pela Alameda Rio Claro e pela Rua Itapeva. A parte da Rua São Carlos do Pinhal que atravessa a propriedade será transformada em via subterrânea para valorizar o acesso a esse oásis urbano, dedicado à hospitalidade, cultura, moda, arte e entretenimento. Nesse encontro do histórico com o contemporâneo, o Cidade Matarazzo contará com um mercado orgânico, batizado de Boulevard da Diversidade, que está sendo idealizado pelos irmãos Campana.

 

Refúgio para São Paulo e para todos

 

Criar uma composição de valor estético com plantas, flores e vegetais, em harmonia com as características dolocal: é isso que o paisagista Benedito Abbud faz há mais de quarenta anos. À frente da execução do projeto de paisagismo do Cidade Matarazzo, ele contou para o jornal aQuadra como está sendo transformar o espaço em uma floresta urbana. “O conceito paisagístico do Cidade Matarazzo é uma homenagem à Mata Atlântica. Ela é a grande protagonista dessa história”, declara o paisagista. Ao mesmo tempo que se projeta no futuro, o empreendimento reverencia o passado, pois os jardins serão uma homenagem à origem italiana da família Matarazzo. “Elementos dos jardins italianos estarão presentes juntamente com plantas exóticas que lá estão e que foram preservadas ao longo do tempo”, informa. A extensão do verde se expande pela Torre Rosewood, que terá somente espécies da Mata Atlântica. “Está sendo uma experiência fantástica”, diz Abbud.

Fechar Menu