Olhar modernista

07 nov 2020 - 17h50 | atualizado em 07 nov 2020 18h06

Por FILIPE TRONCON

jornal aQuadra - arquitetura - Jardins

Das incríveis obras arquitetônicas do Jardim Paulistano, uma que me encanta muito é o sobrado construído pela Warchavchik & Neumann em 1954. A construtora de Gregori Warchavchik e Walter Neumann atuou entre 1952 e 1958, implantando projetos que visavam à verticalização de São Paulo, ou seja, térreos livres e construção sólida no pavimento superior, permitindo maior fluidez da cidade – partido fortíssimo do modernismo desde os pioneiros, como Le Corbusier, na Villa Savoye. A casa foi construída para a família do próprio engenheiro calculista Walter Neumann, sócio de Warchavchic, o responsável pelo conceito arquitetônico produzido pelos arquitetos da construtora.

 

O plano térreo da residência é livre, dando espaço para um belíssimo jardim entre pilotis, cercando um ambiente aberto com lareira e muita área para aproveitar e contemplar.

 

O acesso ao andar superior se dá por uma escada circular divina, também cercada pelo verde.

jornal aQuadra - arquitetura - Jardins
jornal aQuadra - arquitetura - Jardins

A casa foi implantada no terreno acompanhando a curva da Rua Iramaia. Dessa forma, todos os cômodos estão voltados para a frente. A janela da sala de estar funciona como um pano de vidro contracenando com as persianas verde-escuras que resguardam as janelas dos quartos, todas coroadas por um perolado leve e suave como o desenho da casa. Além da sala do pavimento superior, o térreo abriga outro ambiente de estar cercado pela natureza, com uma lareira em canjica de pedras rústicas no centro. A escada escultural dispõe da leveza do guardacorpo de ferro forjado, sutil como as curvas e linhas de todo o projeto

jornal aQuadra - arquitetura - Jardins


aspas

Moro e trabalho no bairro, pelo qual sou apaixonado. No dia a dia, passo pelas ruas arborizadas, os restaurantes, as lojas e sua miscelânea arquitetônica. O que mais amo: minha casa, a vista do escritório na Gabriel, o Z Deli, um afilhado e ter os melhores amigos como vizinhos

jornal aQuadra - arquitetura - Jardins

* MANCEBO LBB

Lina Bo Bardi, além de arquiteta e designer de mobiliário, era cenógrafa e artista. Em uma de suas experimentações, criou dois mancebos (para uma loja de tecidos no centro de São Paulo), que lembram manequins. Imagem recuperada no acervo do Instituto Lina Bo e P. M. Bardi, na Casa de Vidro. Institutobobardi.com.br

#arquiteturanaquadra

jornal aQuadra - arquitetura - Jardins

Rua Juquiá

.

jornal aQuadra - arquitetura - Jardins

Rua Cel. Bento Noronha

.

jornal aQuadra - arquitetura - Jardins

Rua Capitão Antônio Rosa

.

Fotos: divulgação ilustrações Tati Vella

AS ESCOLHAS DO ARQUITETO

Uma seleção de móveis e objetos com inspiração modernista

jornal aQuadra - arquitetura - Jardins

* Mancebo Lina Bo Bardi,  desenho de 1949

Luminária Will, Marcio Neri, La Lampe

Tapete inspirado nos anos 1970, desenho de 2017 de Juliana Vasconcellos, Botteh

Poltrona 801, década de 1960, Jorge Zalszupin, Etel Interiores. Tecido linho cru, JRJ

Mesa com revisteiro Warchavchik, desenho de 1928, Etel Interiores

Foto: Paulo Gaiandália

Últimas Notícias

Fechar Menu