O NATAL BATE À PORTA

18 nov 2020 - 13h52 | atualizado em 18 nov 2020 16h15
jornal aQuadra - vida de bairro - Jardins

A origem da guirlanda é incerta. Segundo a tradição católica, ela é anterior ao Cristianismo. Os gregos pagãos a colocavam nas portas como um sinal de boas-vindas. Já na Roma Antiga, um ramo de plantas enrolado em forma de coroa era um voto de saúde para todos os moradores. 

Nossa vizinha e florista Luly Vidigal nos ensina como fazer uma guirlanda tradicional. Inspire-se e crie a sua. Feliz Natal.

SUGESTÃO DA LULY

 

MATERIAL

1 maço de rosas vermelhas importadas

10 toquinhos de gloriosas

5 maços de folhas de magnólia

2 maços de cipreste-kayzuka

10 pinhas

10 palitos de churrasco

 

ESPUMA FLORAL

Coroa reforçada com 40 cm de diâmetro

PREPARO DA ESPUMA FLORAL

Em um recipiente com água, mergulhar a espuma floral sem forçar e esperar calmamente o floral absorver toda a água. Enquanto isso, limpar as flores.

 

PREPARO DAS FLORES E FOLHAS

Rosas:

Remover folhas e espinhos. Cortar o caule na diagonal. Hidratação: Deixar em água por pelo menos meia hora. Remover as primeiras pétalas (guard petals) escolher as cinco flores mais bonitas (geralmente, o caule é mais retilíneo e grosso) e deixar em um vaso separado.

Gloriosas:

Retirar os pistilos com cuidado para não quebrar as pétalas e a folhagem. Cuidado: os pistilos maduros liberam um pozinho que mancha os dedos e as roupas.

Folhas de magnólia:

Lavá-las bem e retirar as que estiverem machucadas e secas.

1. Marque cinco pontos no diâmetro da coroa e coloque, em sentido horário, os cinco galhos mais bonitos das folhas da magnólia com 20 cm de comprimento. 2. Complete toda a coroa com o restante das folhas de magnólia seguindo sempre o mesmo sentido. A base está pronta. 3. Corte as cinco rosas mais bonitas e as coloque nos mesmos pontos das folhas de magnólia principais. 4. Faça o mesmo com as gloriosas (foto 5) em pequenos maços de três hastes. 5. Complete os buquês com mais dez rosas, fazendo grupos de três rosas em cada. 6. Com os palitos de churrasco, espete as pinhas de baixo para cima. 7. Coloque as cinco pinhas maiores no espaço que se formou entre os grupos de rosas. As cinco pinhas menores ficarão ao lado das pinhas principais. 8. Complete com gloriosas e ciprestes para preencher os buracos.

Amarre a fita por trás da guirlanda. A peça ficará linda em sua porta. Como centro de mesa, a dica é colocar uma vela alta dentro de uma manga de vidro no furo central.

jornal aQuadra - vida de bairro - Jardins
1
jornal aQuadra - vida de bairro - Jardins
6
jornal aQuadra - vida de bairro - Jardins
2
jornal aQuadra - vida de bairro - Jardins
4
jornal aQuadra - vida de bairro - Jardins
7
jornal aQuadra - vida de bairro - Jardins
3
jornal aQuadra - vida de bairro - Jardins
5
jornal aQuadra - vida de bairro - Jardins
8
jornal aQuadra - vida de bairro - Jardins


aspas

Minha equipe e eu fizemos um arranjo floral e tropical em forma de árvore de Natal. Revestimos um cone de bambu com bromélias pendentes, alpínias, costos baby, helicônias-biquinho, orquídeas chuva-de-ouro, flor de banana, samambaia seca, cachos de palmeira e bastão-do-imperador. A árvore ficou com cerca de 2 metros de altura.

Aline Matsumoto, designer floral

jornal aQuadra - vida de bairro - Jardins

Últimas Notícias

jornal aQuadra - estilo - Jardins

Colecionadores de momentos

aQuadra mostra, com exclusividade, a incrível reserva artística da família Yunes Guarita, que começa a ganhar ares profissionais Por TATIANA REZENDE Fotos ROMULO FIALDINI À

jornal aQuadra - crônica - Jardins

Vizinhos de ontem e hoje

Por NINA HORTA Foto JADE GADOTTI Bairros. Afinal são importantes. Ao escolhêlos, de certo modo, moldamos nosso destino. Os vizinhos, os centros de compras, o

jornal aQuadra - estilo - Jardins

Colecionadores de momentos

aQuadra mostra, com exclusividade, a incrível reserva artística da família Yunes Guarita, que começa a ganhar ares profissionais Por TATIANA REZENDE Fotos ROMULO FIALDINI À

Fechar Menu